Inscreva-se aqui e receba nossas notícias por e-mail.

Cultura

 
 
Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus - 90 anos de história
Por: *Igor Góes

Igor Góes

Peça fundamental para construção da memória e identidade de Itajuípe, a Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus completará 90 anos em 2015. No entanto, nenhum patrimônio histórico ocupa um lugar de destaque sem que, primeiro, a comunidade a reconheça como parte de si. Para nós, a percepção do quanto a história do nosso santuário encontra-se entrelaçada com a trajetória da nossa terra e do nosso povo, é fundamental compreender quanto a contribuição da nossa Igreja Matriz para a construção da memória e identidade do itajuipense.

Pirangi, encontra nas palavras de Adonias Filho, um registro do povoado que nascia junto com seu templo, “[...] vi o casario, como a temer o rio, subir a encosta em busca da igreja ainda em esqueleto”. Uma construção que logo ganharia forma e reconhecimento, nas crônicas de Silva Campos, quando apresentada como um dos mais importantes prédios do arraial. Contudo, tanto nosso escritor quanto o historiador, nesse momento, deixam escapar algo que apresentou-se frequente na trajetória da nossa Igreja: a participação popular na edificação do templo.

Faz parte da memória coletiva dos itajuipenses, a imagem de homens e mulheres, ricos e pobres, que carregavam pedras morro acima para que se levantasse as paredes da nossa Igreja; também faz parte da nossa memória as campanhas realizadas para que se construísse o altar, para que se adquirisse o sino e para que se colocasse o relógio na torre.  Mesmo após nossa antiga Pirangi ter se tornado Itajuípe, o anseio e a emoção do povo em cuidar do templo erguido junto com a cidade permaneceu vivo e firme. Sentimento que perdura ao longo desses 90 anos.

Em 2007, não havia necessidade de se carregar pedras morro acima, no entanto era preciso fazer algo para impedir que o teto ruísse e que a torre desabasse. Também foi necessário que a igreja fechasse as portas para uma grande reforma, e enquanto as missas e celebrações eram realizadas no salão paroquial os fiéis se moviam em mobilizações e campanhas para que a reforma fosse concluída.

Esse ano, em início das comemorações dos 90 anos da Igreja, o que se vê, não são apenas as comemorações festivas ao seu aniversário, e sim uma celebração da vida, da história da cidade e do povo que reconhece a Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus como um patrimônio de Itajuípe.

Igor 3x4

*Igor Farias Góes, graduando em História pela Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC.

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player