Inscreva-se aqui e receba nossas notícias por e-mail.

Textos da Ana

 
 
Levantamento de peso paralímpico
*Por Ana Cláudia Oliveira

1

O levantamento de peso paraolímpico teve sua primeira aparição na segunda edição dos Jogos Paraolímpicos de Verão de 1964, em Tóquio, sob o nome de halterofilismo paraolímpico (em inglês: paralympic weightlifting). Somente homens com lesão na medula espinhal participaram com regras pouco diferentes das usadas hoje.

Ao longo dos anos seguintes, o halterofilismo paraolímpico sofreu uma importante transição para incluir outros tipos de deficiência e incorporar regras idênticas às da competições de levantamento de peso básico. Nos Jogos Paraolímpicos de Verão de 1984, o levantamento de peso básico paraolímpico (em inglês: paralympic powerlifting) teve sua primeira aparição.

Durante a Assembléia Geral em Barcelona, em 1992, decidiu-se incluir apenas o powerlifting (levantamento de peso básico paraolímpico) nos Jogos Paraolímpicos, e não mais o halterofilismo paraolímpico. Mudou-se o nome de "weightlifting" para"powerlifting" e agora o concurso está aberto a todos os atletas com paralisia cerebral, lesão medular, amputados (somente membros inferiores amputados) e les autres que preencham os critérios mínimos de deficiência.

As mulheres competiram em Jogos Paraolímpicos pela primeira vez, em Sydney, na edição de 2000.

O esporte é regido pelo Comité Paraolímpico Internacional (IPC)1 e coordenado pelo IPC Powerlifting Technical Committee, fundado em 1989.

Competição

Os equipamentos do levantamento básico paraolímpico são os mesmos usados pelo levantamento básico e são uma barra de aço, discos (ou anilhas) e colares (ou presilhas), para fixar os discos na barra. A barra deve medir 2,20 m de comprimento e pesar 20 kg.

Os discos são feitos de metal e têm os seguintes pesos: 1,25, 2,5, 5, 10, 15, 20, 25 e 50 kg. Para a quebra de recordes, discos mais leves podem ser usadas para conseguir um peso de no mínimo 0,5 kg maior que o recorde existente.

Os colares devem pesar 2,5 kg cada um.

Os atletas competem deitados em um banco. O banco oficial tém 2,10 m de extensão. A parte principal do banco tém 61 centímetros de largura. Na extremidade do banco e em direção a cabeça, o banco estreita-se para menos de 30 centímetros. A altura do banco varia entre 45 e 50 centímetros do solo.Supino. O supino é a única prova e começa no momento em que a barra é retirada do suporte — com ou sem a ajuda do auxiliar central — estendendo totalmente os braços; a seguir, tém de baixá-la até ao peito, mantê-la imóvel neste nível e, em seguida, elevá-la até a posição inicial, finalizando o movimento.

Os atletas competem em classes de peso, de acordo com a sua massa corporal. São divididos em dez categorias de peso, conforme o sexo. Até 31 dezembro de 2013, as categorias eram seguintes:

masculino: até 48 kg, 52 kg, 56 kg, 60 kg, 67,5 kg, 75 kg, 82,5 kg, 90 kg, 100 kg e acima de 100 kg

feminino: até 40 kg, 44 kg, 48 kg, 52 kg, 56 kg, 60 kg, 67,5 kg, 75 kg, 82,5 kg e acima de 82,5 kg

Mas em 1º de janeiro de 2013, novas categorias de peso foram fixadas:2

masculino: até 49 kg, 54 kg, 59 kg, 65 kg, 72 kg, 80 kg, 88 kg, 97 kg, 107 kg e acima de 107 kg

feminino: até 41 kg, 45 kg, 50 kg, 55 kg, 61 kg, 67 kg, 73 kg, 79 kg, 86 kg e acima de 86 kg.

Aos atletas são dadas três tentativas e o vencedor é o atleta com o maior peso levantado. Três árbitros avaliam cada tentativa de levantamento, escolhendo a cor branca ou uma luz vermelha. O peso da barra deve ser sempre um múltiplo de 1 kg, exceto quando da tentativa de um novo recorde. Entre a primeira e a segunda tentativa, e entre a segunda e a terceira tentativa, deve haver um aumento mínimo de 1 kg.

Podem competir atletas com deficiência mínima, de 14 anos em diante, e que possam estender completamente os braços com não mais de 20 graus de perda em ambos cotovelos para realizar o movimento válido.

2 * Ana Cláudia Oliveira - teve paralisia cerebral quando criança mas com garra e determinação conseguiu superar as dificuldades. Usa computador como ninguém e suas habilidades a credenciaram a ser colunista na Webnewssul.

 

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player